Como funciona a tag pedágio para frotas?
2 de abril, 2024 220
Gestão de Pedágios e Estacionamento
Artigo Artigo

Como funciona a tag pedágio para frotas?

Entender como funciona a tag pedágio para frotas é uma questão central para gestores que buscam otimizar operações e reduzir custos.

Utilizando uma tecnologia que permite o débito automático das taxas de pedágio, esta solução elimina a necessidade de parar em praças de pedágio, agilizando as viagens.

Além de possibilitar passar sem parar no pedágio e evitar filas, que são comuns nesses pontos, o uso da tag pedágio contribui para a economia de combustível, visto que veículos mantêm sua velocidade constante sem as frequentes paradas e partidas.

Como funciona a tag pedágio para frotas?

A tag pedágio para frotas funciona por meio de um sistema eletrônico baseado em tecnologia RFID (Identificação por Radiofrequência), que permite a cobrança automática das taxas de pedágio sem a necessidade de paradas físicas nas cabines.

Ao se aproximar da praça de pedágio, o dispositivo de leitura capta o sinal da tag fixada no veículo, processando automaticamente o pagamento. 

Para as frotas, isso se traduz em um processo de viagem mais rápido e eficiente, eliminando filas e espera.

A tag é vinculada a uma conta pré-paga ou pós-paga gerenciada pelo gestor da frota, permitindo um controle detalhado sobre os gastos com pedágio, além de fornecer dados para a análise e planejamento.

Qual a tecnologia por trás da tag pedágio?

A tecnologia de pagamento de pedágio por trás da tag é fundamentada no sistema RFID (Identificação por Radiofrequência), uma tecnologia que permite a comunicação sem fio através de ondas de rádio para identificar, rastrear e gerenciar objetos, como veículos em movimento.

As tags de pedágio contêm micro chips que armazenam dados específicos do veículo e da conta do usuário, e quando passam por um leitor RFID na praça de pedágio, a informação é captada e processada instantaneamente. 

Essa tecnologia facilita o débito automático das taxas de pedágio, mas também suporta a transferência segura de dados em alta velocidade, assegurando que o processo de cobrança seja efetuado de maneira eficiente e sem erros.

Como o pagamento automático de pedágios pode contribuir para a frota?

O pagamento automático de pedágios, viabilizado pelas tags de pedágio, é uma inovação que oferece múltiplas vantagens para a gestão de frotas, contribuindo para a eficiência e a economia nas operações diárias. 

Esse sistema permite que os veículos atravessem as praças de pedágio sem paradas, eliminando o tempo gasto em filas e agilizando o processo de entrega.

Isso resulta em uma logística mais fluida e confiável, com impacto direto na redução dos custos operacionais e no aumento da satisfação dos clientes ou usuários finais.

Os principais benefícios da tag de pedágio para frotas incluem:

  • Redução do tempo de viagem;
  • Economia de combustível;
  • Melhoria na satisfação do cliente ou do usuário;
  • Controle financeiro aprimorado;
  • Redução de desgaste do veículo;
  • Relatórios detalhados.

De que maneira a tag pedágio ajuda a minimizar filas de pedágio e otimizar o tempo de viagem?

Funcionando através de um sistema automático de cobrança, as tags permitem que os veículos passem pelos pedágios sem a necessidade de parar para o pagamento manual, eliminando atrasos inerentes ao processo de espera e pagamento nos guichês.

Essa fluidez no trânsito não apenas acelera o tempo de viagem, permitindo que as entregas e deslocamentos sejam concluídos em menor tempo, mas também contribui para um menor consumo de combustível, uma vez que evita as paradas e partidas frequentes, características das filas de pedágio.

Quais são os passos para implementar a tag pedágio em uma frota?

Implementar a tag pedágio em uma frota é um processo estruturado que requer planejamento e coordenação. Seguindo esses passos, a frota poderá usufruir dos benefícios da tecnologia de pedágio automatizado:

  1. Selecionar um fornecedor: escolha um provedor de serviço de tag pedágio que atenda às necessidades específicas da sua frota.
  2. Registrar os veículos: registre cada veículo da frota no sistema do fornecedor para obter as tags.
  3. Adquirir as tags: adquira uma tag de pedágio para cada veículo registrado.
  4. Instalar cada tag: siga as instruções do fornecedor para instalar corretamente as tags nos veículos.
  5. Treinar os motoristas: oriente os condutores sobre como a tag funciona e destaque os benefícios de sua utilização.
  6. Integrar os dados financeiros: integre os dados de cobrança automática de pedágio ao sistema de gestão financeira da frota para um controle efetivo dos custos.
  7. Monitorar e avaliar os resultados: acompanhe o uso das tags e avalie os benefícios em termos de tempo economizado e redução de custos operacionais e com pedágios.

Quais custos estão envolvidos no uso da tag pedágio para frotas?

O uso da tag pedágio para frotas envolve diversos custos que os gestores precisam considerar para uma avaliação financeira completa.

Primeiro, há o custo inicial de aquisição ou aluguel das próprias tags, que pode variar de acordo com o fornecedor e o volume de tags necessárias.

Muitos sistemas de tag pedágio operam com base em uma assinatura ou taxa de serviço recorrente, que cobre o acesso à rede de pedágios e o suporte técnico.

Outro custo relevante é o depósito ou pré-pagamento para o crédito de pedágios, essencial para a utilização contínua sem interrupções.

Dependendo do contrato com o fornecedor, podem existir também taxas adicionais para manutenção, substituição de tags danificadas ou perdidas e administração da conta.

Embora existam custos envolvidos, é importante destacar que a eficiência operacional e a economia de tempo proporcionadas pela tag pedágio podem compensar, trazendo benefícios a longo prazo para a gestão da frota.
Entre em contato conosco hoje mesmo para solicitar uma proposta personalizada da solução FastPass – um sistema de tags de pedágio e estacionamento para frotas. Clique aqui para conhecer mais.